Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘crianças’

bala-de-canela

Quando Marcelo (que hoje teria 25 anos!) começou a ir no primeiro aninho do primário (hoje ensino elementar), ele recebia essas balinhas como troco na cantina e as guardava para me presentear com elas. Ele as adorava e na época eu achava um tanto quanto estranho, pois na minha infância balas de canela eram sinônimo de gente grande.

Era muito fofo ele voltando da escola para casa com 2 balinhas amassadinhas no bolso da pequena calça jeans do uniforme; uma para mim e uma para ele (pois os irmãozinhos não gostavam). Aquele rostinho suadinho, respiração ofegante, mãozinhas pequenas com aquelas balinhas de canela, todo orgulhoso!

Ahhhh….doce saudade!

Ontem meus pais voltaram da casa de minhã irmã de SP e na bagagem trouxeram muitas guloseimas que a tia mandou para Alissa. Entre essas guloseimas, havia um pacote dessas balinhas…

Eu adoro o sabor dela, adoro as lembranças que elas me trazem, adoro o doce sabor da canela que me transportam para aqueles felizes dias em que juntinhos saboreávamos momentos muuuuito doces…

Sempre que as vejo, coloco algumas no oratório e tenho certeza que ele recebe o meu carinho.

Tive vontade de compartilhar isso com vocês, aliás, acostumem-se, pois sempre estarei compartilhando sweet memories.

Read Full Post »

Aos poucos me vejo olhando para trás e encontrando uma longa estrada que não mais está ao alcance de meus olhos, entretanto, em meu coração e em minhas lembranças, vivo cada passo nela percorridos…

Uma estrada por muitas vezes tortuosa, repleta de obstáculos, verdadeiras rochas e subidas íngremes a serem escaladas… por quantas vezes quis chuva quando havia sol e clamei por sol quando chovia torrencialmente.

Quantas vezes senti aquela sensação de liberdade, alegria incontrolável e quantas vezes me senti impotente  e irremediavemente doente diante de uma situação sem volta.

Assim, entre alegrias e tristezas, vim percorrendo essa longa estrada.  Hoje, vejo que cada fragmento de rocha, cada brisa agradável ou ventania indesejável, cada suor derramado, cada lágrima que se negava a secar, cada sorriso amigo ou desprezo indevido, fizeram de mim o que sou.

Nascida sob o signo de Dragão,  Taurina, teimosa² por natureza, perfeccionista,  sonhadora incurável, apaixonada e extremamente sentimental e emotiva;  me entrego de corpo e alma ao que me proponho.

Ponho-me de pé à frente dessa estrada e vejo que o presente dependeu do passado.

Vivo hoje no intuito de fazer o melhor no presente para ter esperanças de um futuro que conte uma bela história.

Vivo hoje, valorizando as pequenas alegrias, os pequenos atos, os mais corriqueiros momentos, que somados resultam em imensa felicidade.

Troca...

fotos por Raphael Fraga 

Read Full Post »